O que é o Business Design (Design de Negócios) e como ele pode ajudar a sua empresa?

O que é o Business Design (Design de Negócios) e como ele pode ajudar a sua empresa?

O design de negócios não é uma ideia nova, mas nos últimos anos tornou-se mais proeminente – espelhado pela crescente necessidade de as empresas permanecerem ágeis e adaptáveis ​​a mercados novos e imprevisíveis. Empresas em todo o mundo se concentraram na criação de produtos e serviços com uma abordagem centrada no usuário; no entanto, o design de negócios é diferente do Design Thinking puro ou tradicional.

Do design thinking ao design de negócios

A estrutura tradicional do design de negócios era, e ainda é, design thinking. No entanto, a principal diferença entre o design thinking e o design de negócios é que o design thinking ajuda a criar produtos e serviços que os usuários adoram, enquanto o design de negócios adota uma abordagem orientada à estratégia, ajudando os empreendedores a construir organizações que prosperam no mercado por meio da inovação.

Afinal o que é o tal Business Design (Design de Negócios)?

O design de negócios garante que ótimas ideias de negócios possam gerar dinheiro para sua organização e contribuir para seu crescimento ao longo do tempo. Ele incorpora design thinking e abordagens semelhantes que colocam o cliente no centro do processo de design, mas o design de negócios vai além, concentrando-se em criar modelos de negócios que sejam lucrativos.

O design de negócios surgiu como uma nova abordagem porque, após a adoção generalizada do foco no cliente para o design de produtos e serviços (human-centred design) na última década, muitas equipes de inovação se viram lutando para demonstrar o R.O.I (retorno sobre o investimento) da inovação. Eles não conseguiram “vender internamente” seus projetos de uma forma que contribuísse para o crescimento das organizações ao longo do tempo.

O problema era que, apesar da confirmação que as pessoas queriam as soluções projetadas, as equipes de design não conseguiram garantir que os usuários iriam pagar por elas. As abordagens do design de negócios superam esse problema ao fazer a ponte entre o que é desejável pelo cliente e o que é viável ao modelo de negócio (Business Model).

O design de negócios pode ser empregado para resolver os principais desafios de negócios. Ele faz isso gerando novas soluções para problemas conhecidos e, em seguida, projeta ecossistemas que entregam e capturam valor tanto para sua organização quanto para seus clientes.

O design de negócios aplica o design thinking a problemas de negócios com o objetivo de dar vida à inovação.

Colocando isso no contexto de um processo de design, podemos dizer que o Design de Negócios é sobre:

  1. Criar e capturar valor. 
  2. Combinar uma variedade de ferramentas e métodos para projetar e testar os métodos e processos para o desenvolvimento e inovação de modelos de negócios sustentáveis.
  3. Transformar a proposta de valor em valor real de negócio.
  4. Dar sentido à nova criação de valor pensando nas relações.

Resumindo, o design de negócios é uma abordagem colaborativa para ajudar as empresas a inovar, criar estratégias e desenvolver um modelo de negócio viável que deriva da pesquisa do usuário, análise de mercado, estratégia e experiência do usuário.

Entendendo os círculos de inovação

Uma das metodologias predominantes para design e inovação de negócios é a abordagem, baseada em três círculos primários:

  1. Desejabilidade, que se refere principalmente às pessoas e à compreensão de seu profundo desejo por um produto ou serviço
  2. Possibilidade é sobre a funcionalidade de um produto ou serviço e se ele pode entregar sua proposta de valor e se a empresa possui recursos necessários para cria-los
  3. Viabilidade, principalmente focada no lado do negócio (capacidade de gerar receita) e se faz sentido a partir da sustentabilidade do negócio

O objetivo desses círculos é testar e priorizar as perguntas adequadas para construir um modelo de negócios sustentável.

Como funciona um processo de design de negócios?

Um processo de design de negócios tem por objetivo traduzir suposições sobre como uma empresa deve ser na forma de protótipo de modelo de negócios, que pode ser testado e iterado no mercado. Um dos elementos-chave desse processo é sua capacidade de isolar as suposições que podem tornar um modelo de negócios aderente ao mercado (desejável), assim permitindo que essas suposições levantadas possam ser testadas e iteradas.

O processo do Business Design

Podemos considerar o Design de Negócio como processo sistemático dividido em 4 grandes passos:

  1. Entendimento de Mercado: entender quem são os seus concorrentes, os elementos que o compõem e suas forças. O Business Design traduz essas informações, cruzando com dados da indústria e estabelece premissas;
  2. Ideação: criação de modelos de negócios e propostas de valor baseados em premissas e insights trazidos da fase de entendimento
  3. Prototipação de Modelo de Negócio: desenvolver um modelo de negócio, avaliar e escolher as melhores premissas e dados para teste e avaliação;
  4. Teste: colocar o modelo em prática e observar como ele se comporta em situações reais de mercado, seguindo sempre com a intenção de aprender, corrigir e repetir.

Concluindo, o Business Design (Design de Negócios) não deixa de participar da parte de pesquisa, criação e testes. Porém, é essencial que ele combine criatividade e empatia com a parte mais racional e financeira dos negócios, viabilizando produtos e serviços para o mercado que tragam resultados para a empresa e seus clientes.

Business Design não é um departamento

Essa forma de enxergar o processo de inovação não ficar restrito apenas em um departamento ou pessoa; quando se trata do Design de Negócio. Todo o time da empresa, especialmente os Product Designers, devem ter essa “visão de negócio” para garantir que produtos/serviços criados sejam além de inovadores, lucrativos para garantir a sustentabilidade da empresa.

Como as empresas de inovação e design de negócios funcionam e o que elas fazem?

As empresas ou designers especializados em design de negócios, trabalham para aplicar métodos e ferramentas de design centrados no cliente para prototipagem, desenvolvimento e validação de novos modelos de negócios. Eles estendem a natureza centrada no cliente do design thinking; para a fase de viabilidade de negócios do processo de inovação. Esses especialistas usam métodos de pesquisa de design, como etnografia e raciocínio abdutivo (extração de insights para inovação a partir de observações).

As consultorias de Business Design (design de negócios) tendem a trabalhar sob demanda ou com equipes multifuncionais de dentro de uma empresa, incluindo equipes de P&D, vendas, marketing, tecnologia, RH entre outros para coordenar a troca de diferentes perspectivas e necessidades. Essa diversidade de perspectivas desse time multidisciplinar resulta em melhores ideias, pensamento crítico e resultados disruptivos graças às diferentes lentes pelas quais a equipe vê as soluções. Isso é especialmente importante em trocas de valor de modelo de negócios, onde você precisa considerar uma variedade de diferentes perspectivas e necessidades para criação de algo totalmente novo e ajustado as necessidades de cliente e mercado.

O papel dessa empresa de inovação é garantir que o foco no cliente permaneça no centro de um projeto de inovação em andamento. Isso é feito evitando que a mentalidade de “é desse jeito que fazemos negócio” sequestre a transição das necessidades humanas para os objetivos de negócios esperados. Os especialistas em design de negócios ajudam no desenvolvimento de uma inovação criativa e centrada no ser humano e garantem seu sucesso no mundo real. Usam estratégia, análise e modelagem financeira como ferramentas de design e ajudam as organizações a transformar suas maiores e mais ousadas ideias em negócios com viabilidade de longo prazo.

Um modelo de negócio não é uma criação perfeita. Ele precisa ser ajustado e testado repetidamente para torná-lo eficiente. O design de negócios ajuda a aprimorar o processo de teste do modelo de negócios para que um modelo de negócios sustentável possa ser construído com mais eficiência. Compreender o design de negócios pode ajudá-lo a construir uma empresa de sucesso. As empresas de inovação permitem que as organizações construam um modelo de negócios viável, levando em consideração quais seriam as chaves para o sucesso, como direcionar o mercado certo e os clientes ideais para seu serviço ou produto. Eles ajudam a testar suas suposições em relação ao mercado, testando prontamente suas suposições mais arriscadas em relação ao mercado.

Por que Business Design é importante para sua empresa?

O mundo e o mercado estão cada vez mais competitivos e dinâmicos, a combinação de conceitos de Design com conceitos de negócio traz alguns benefícios que podem agregar diferenciais competitivos interessantes principalmente quando inovar constantemente passa a fazer parte do cenário onde sua empresa opera.

Benefícios do Business Design (Design de Negócios) para o seu negócio:

  1. Facilidade na resolução de problemas: entender a volatilidade do mercado faz com que tenhamos resoluções também voláteis. Cada problema novo deve ser enfrentado com uma solução diferente. O Business Design traz essa criatividade ao entender as necessidades do cliente e percebe novas oportunidades para transformá-las em inovações;
  2. Aprendizado constante: o Business Design quebra o paradigma do medo de erras. A partir do momento que se perde o medo, abre-se caminho para novas oportunidades e novas ideias inovadoras. O ponto principal é encarar o erro como parte do aprendizado e fazer os ajustes necessários;
  3. Multidisciplinaridade: a fusão de diversas áreas e disciplinas traz novos olhares e perspectivas. Uma empresa que busca inovar não trabalha em áreas isoladas, mas busca meios para que elas que se comunicam e interajam. Quanto melhor for a integração e interação dessas áreas, maior a geração de oportunidades para resolver os problemas.
  4. Foco em resultados: os times, como um todo, se alinham ao mesmo objetivo de gerar resultados financeiros e de sustentabilidade para a empresa.

Aqui na Spark percebemos essa evolução natural do campo de inovação e design de negócios, se movendo cada vez mais em direção à fase de viabilidade do modelo de negócios do processo (garantindo que terá tração e trará dinheiro). O pensamento de design (design thinking) centrado no usuário está se tornando padrão dentro das organizações e já não é suficiente por si só para garantir a lucratividade. A lacuna no processo de inovação é o Design de Negócio, que ajudará suas equipes internas de startups e empresas a enfrentar projetos com riscos e incertezas, mas com um maior potencial de gerar um novo crescimento futuro.

Spark Design Thinking Studio é uma empresa de inovação, design de negócios e estratégia. Fazemos isso desenvolvendo estratégias de crescimento, novos Modelos de Negócio, desenvolvimento de Jornadas de Compra, Jornadas de Serviço e capacitação de times para inovação. Trabalhamos usando os ativos e pontos fortes de nossos clientes. Se você tiver alguma dúvida sobre design de negócios ou como trabalhamos, sinta-se à vontade para deixar seus comentários ou mande-nos sua dúvida, teremos o maior prazer em responder a todas as suas perguntas.